Tecnologia em Aerossol


Tecnologia em Aerossol

A Aeroflex desenvolveu estrutura fabril, tecnológica, técnica e comercial para terceirização de diversos tipos de produtos. Ao longo de dez anos, a empresa se especializou em oferecer soluções em envasamento de produtos em aerossol para atender sua marca, a Mundial Prime, e grandes distribuidores nacionais nos segmentos automotivo e construção civil. Mas, ao inaugurar a nova fábrica, o projeto da empresa é ampliar os horizontes comerciais.

“Notamos uma carência no mercado brasileiro no que diz respeito à demanda de envase de produtos em aerossol. Neste sentido, a proposta da Aeroflex a partir deste ano, é preencher esta lacuna oferecendo serviço com qualidade, tecnologia, segurança e respeito. Tanto para o mercado interno quanto para o mercado externo”, afirma Márcio Miksza, diretor comercial. Atualmente, cerca de 50% do aerossol consumido no Brasil é proveniente de outros países.

A proposta é ampliar a participação de produtos terceirizados na linha de produção da Aeroflex dos atuais 18% para 30%. Para alcançar esta meta, a empresa quer atrair clientes de países vizinhos e se projetar no mercado da América Latina como uma empresa de tecnologia.

A construção da nova fábrica coloca a Aeroflex no radar de grandes empresas que têm produtos em aerossol no portfólio. Além de investimentos em estrutura fabril, como separa a central de armazenagem de gases e solventes e a área de formulação da estrutura principal, que acomoda a linha de produção com o sistema gás house, expedição e almoxarifado, a empresa investiu alto em sistemas, processos e rastreabilidade de lote.

A construção desta fábrica, além de coroar nossos esforços, garante trabalho num ambiente seguro para nossos funcionários, entrega produtos de qualidade para nossos clientes e atende a demanda de terceiros com segurança extra” contextualiza Geisa Miksza, diretora de compras.